Mais de meio milhão norte-mineiros serão beneficiados com o auxílio emergencial de R$ 600 criado na Assembleia Legislativa e pago este mês pelo governo de Minas. O número significativo foi destacado pelo 1º secretário da Assembleia, deputado Tadeu Martins Leite (MDB), que assinou, junto com os colegas deputados, a emenda que criou o Força Família, dentro do projeto Recomeça Minas.

“Acabo de receber a informação de que 179.800 famílias do Norte de Minas vão receber o auxílio de R$ 600 pago pelo governo por iniciativa da Assembleia. São R$ 107,88 milhões liberados em benefício de 511.487 pessoas só na região”, afirmou Tadeuzinho pelo Twitter.

O deputado Tadeu Martins Leite ressaltou que o auxílio chega para amenizar o sofrimento de quem está passando por extrema dificuldade, agravada pela crise econômica e sanitária gerada pelo Coronavírus no estado. “É para isso, e para melhorar de alguma forma a vida das pessoas, que trabalhamos todos os dias”, afirmou.

De acordo com o calendário definido pelo governo, o auxílio de R$ 600 será pago de 14 a 29 de outubro. Mais de 1 milhão famílias no estado em extrema pobreza, que tenham renda per capita de até R$ 89 e estejam cadastradas no CadÚnico, serão beneficiadas.

Os R$ 600 serão pagos em parcela única, de acordo com ordem de prioridade e a data de aniversário dos responsáveis familiares cadastrados. Para saber se você tem direito é só acessar www.auxilioemergencialmineiro.mg.gov.br e digitar o número do CPF ou Número de Inscrição Social (NIS, disponível no Cartão Cidadão, Cartão do Programa Bolsa Família ou no site meucadunico.cidadania.gov.br.

 

VEJA O CALENDÁRIO DE PAGAMENTO:

 

Demais beneficiados: