05/02/2021

Novo presidente do Senado visita Assembleia de Minas

O 1º secretário da Assembleia, deputado Tadeu Martins Leite (MDB), cumprimentou o novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM),pela vitória que colocou o primeiro representante de Minas no cargo em 44 anos.

O senador fez uma visita de cortesia à Assembleia Legislativa de Minas Gerais nesta sexta-feira (5), onde destacou a importância do Legislativo e da união dos políticos mineiros na luta por bandeiras nacionais do estado. 

 

Tadeu Martins Leite parabenizou o senador e ressaltou a importância de Minas voltar a ter protagonismo no cenário nacional.

“Tivemos a alegria de participar hoje, junto com o presidente Agostinho Patrus, da importante visita do nosso amigo, novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, à Assembleia Legislativa. Vamos todos nos valer deste momento de protagonismo do estado para trabalhar por ainda mais conquistas para os mineiros e, especialmente, para os amigos do Norte de Minas”, afirmou Tadeuzinho.

 

Foi a primeira visita de Pacheco a um estado depois de eleito presidente do Senado. Em entrevista à imprensa, o senador afirmou que, embora seja responsável por todo o Senado, dará atenção às causas de Minas. “A política brasileira precisa de mais mineiridade”, destacou Pacheco.

 

Entre os pontos da agenda de Minas para os quais o presidente do Senado diz ver um “ambiente propício” para serem concretizados, Pacheco citou as barragens de Berizal e Jequitaí, no Norte de Minas. “Trabalho muito por isso, até porque não posso deixar de ser senador de Minas Gerais”, disse.

 

O presidente da Assembleia, Agostinho Patrus, também reforçou as pautas importantes para o estado, como a implementação do Tribunal Regional Federal (TRF6) e o Recomeça Minas.

Nos últimos anos, a Assembleia esteve à frente de um movimento nacional pelo ressarcimento do estado pelas perdas com a Lei Kandir, que isentou as exportações do pagamento de ICMS. A ação foi decisiva para o fechamento de um acordo entre Minas e a União que vai representar um aporte de R$ 8,7 bilhões para o estado.



 

E-mail:
Whatsapp:
Cidade Atual:
FECHAR

ACOMPANHE NOSSO TRABALHO