10/02/2021

Tadeu Martins Leite sugere medidas para estimular a cadeia produtiva do Mel no estado



Buscar o fortalecimento da apicultura e da agricultura familiar e incentivar o consumo do mel e derivados no estado foram alguns dos temas abordados durante o 1º Encontro de Planejamento Situacional e Estratégico, promovido pela Cooperativa dos Apicultores e Agricultores Familiares do Norte de Minas (COOPEMAPI).

O encontro foi realizado entre os dias 8 e 10 de fevereiro e reuniu cooperados, parceiros, autoridades e especialistas para discutir e planejar a cadeia produtiva apícola para 2021. O deputado Tadeu Martins Leite (MDB) participou, virtualmente, do evento e destacou a necessidade do poder público apoiar o setor que movimenta grande parte da economia do estado e, de modo especial, do Norte de Minas.

Minas Gerais é o terceiro maior produtor de mel do país, com média de produção de 6,14 mil toneladas, que corresponde a 12% da produção nacional. Só no Norte de Minas, mais de 2 mil pessoas trabalham na cadeia e Bocaiuva é o segundo maior produtor de mel e derivados no estado.

“Sabemos da importância do setor, que inclusive cresceu, recentemente, e precisamos implementar medidas para alavancar a cadeia produtiva e superar algumas dificuldades logísticas que os produtores enfrentam. Para isso, é fundamental incentivar o aumento do consumo de mel no estado, agregar valor aos produtos e torná-los conhecidos no mercado nacional”, disse Tadeuzinho.


O deputado lembrou que existem dois projetos de lei tramitando na Assembleia Legislativa que estimulam e protegem a apicultura, sendo que um deles inclui o mel na merenda escolar das escolas públicas estaduais, um pleito antigo da cooperativa. “Vamos nos empenhar pela aprovação desses projetos e trabalhar pelo fortalecimento da agricultura familiar no estado com um todo”, afirmou.

E-mail:
Whatsapp:
Cidade Atual:
FECHAR

ACOMPANHE NOSSO TRABALHO