Foto: Jairo Simões

O imposto que os proprietários de veículos vão pagar em 2022, em Minas, não será reajustado, graças a um projeto de lei aprovado nesta quarta-feira (15) pelos deputados estaduais. O texto congela a tabela do IPVA, mantendo os valores praticados em 2020, antes da pandemia de Covid-19. 

“Sem esse projeto nós teríamos um aumento de até 30% na cobrança do imposto, por causa da valorização da frota de veículos, em um momento de crise econômica, em que todos já estão sobrecarregados de despesa. Por isso, a Assembleia de Minas trabalhou rapidamente para resolver essa questão e aliviar o bolso dos mineiros de mais esse problema”, afirmou o 1º secretário da Casa, deputado Tadeu Martins Leite.

A proposta visa minimizar efeitos da pandemia sobre o bolso dos contribuintes, que já tiveram reajustes expressivos em contas e despesas com gasolina, gás, matrícula e material escolar e outros serviços. 

O valor do IPVA é definido anualmente de acordo com o valor do veículo pela tabela Fipe. De acordo com o Projeto de lei 3.278/21, fica mantida a tabela de cobranças praticada em 2020. A matéria aguarda a sanção do Executivo para virar lei.